Pesquisar este blog

terça-feira, 3 de maio de 2011

Vaticano diz que Bin Laden terá de responder a Deus

O líder da Al Qaeda, Osama bin Laden, terá de responder a Deus por ter matado muitas pessoas e explorado a religião para espalhar o ódio, disse o Vaticano nesta segunda-feira.
Mas qual Deus? Até porque usar a religião para espalhar o ódio é um artifício utilizado pela religião católica já faz tempo!
O padre Federico Lombardi, porta-voz do Vaticano, disse que embora os cristãos "não se alegrem" com a morte de Bin Laden, este fato serve para lembrá-los da "responsabilidade de cada pessoa perante Deus e homens".
Os cristãos "não se alegram"? Acho que ele não viu a manifestação em frente a Casa Branca. E também não deve ter sua conta no Twitter.
"Osama bin Laden, como todos sabem, tinha a grave responsabilidade de ter espalhado divisão e ódio entre as pessoas, causando mortes de um incontável número de pessoas e explorando a religião com esses objetivos", disse ele.
Olha o sujo falando do mal lavado denovo!
Lombardi também disse que o Vaticano espera que a morte de Bin Laden "não seja uma ocasião para mais ódio, mas para paz."
Aham. Ta bom, senta lá Padre Federico!

    Fonte: Thiago Giovanella

3 comentários:

Christiano J. Jabur disse...

Nem todos os cristãos comemoram a morte de bin Laden. A possibilidade (para mim está mais para certeza) de ataques por parte de terroristas para vingar a morte de Osama preocupa. E não são só os EUA que podem ser alvos, mas alguns países europeus também. Principalmente os que participaram das invasões do Iraque e do Afeganistão, junto com as tropas americanas. Embaixadas americanas em todo o mundo também podem ser atacadas.

Stefano disse...

http://www.youtube.com/watch?v=Jr5Q5Volv88

http://cafehistoria.ning.com/profiles/blogs/a-igreja-luta-pela-democracia

Stefano disse...

http://www.marxists.org/portugues/tematica/rev_prob/17/vaticano.htm