Pesquisar este blog

domingo, 31 de julho de 2011

O prontuário de Darwin





Uma hipótese para explicar os eczemas, crises de vômito e flatulência que acometiam o naturalista
RESUMO
O pai da teoria da evolução das espécies padecia de um raro conjunto de sintomas que lhe causavam grande desconforto, porém jamais apontaram para um diagnóstico preciso. Uma anomalia no DNA mitocondrial sugere que ele sofria da síndrome dos vômitos cíclicos, mal conhecida porém descrita na literatura médica.

JOHN HAYMAN
tradução CLARA ALLAIN

Charles Darwin (1809-82) sofreu, durante a maior parte da vida adulta, de uma doença persistente e debilitante, que se manifestava numa profusão de sintomas bizarros. Ataques de náusea e vômito eram o que mais o afligia, mas Darwin também sentia dores de cabeça, dores abdominais, nas costas e nos membros (reumatismo), palpitações e dores no peito, formigamento nos dedos, transpiração, sensibilidade ao calor e ao frio, edema e rubor no rosto e nas extremidades, eczema, furúnculos recorrentes, ataques de ansiedade aguda, choro histérico e sensação de morte iminente.
Os sintomas abdominais eram associados a muita flatulência, com a expulsão ruidosa de gases fétidos e penetrantes. Ainda por cima, amargava momentos de letargia profunda, que o deixavam agarrado ao sofá.
Afora esses sintomas mais frequentes, Darwin volta e meia vomitava sangue, ficou com os dentes podres e cariados e desenvolveu manchas na pele. O enjoo, que durou os cinco anos de sua histórica viagem no veleiro HMS Beagle, também era resultado de sua doença. A moléstia era incomum, sem dúvida, mas tinha características mais raras ainda:
- O mal era episódico, com acessos desencadeados por eventos estressantes, ainda que muito leves ou até agradáveis, como visitas de amigos;
- O vômito ocorria várias horas após as refeições (e não logo depois, como na bulimia);
- Os sintomas mais importantes tinham relação estreita com o eczema e com o reumatismo (fibromialgia). Darwin notava que, quando uma dessas condições se agravava, as demais melhoravam;
- Darwin obtinha alívio, pelo menos de início, com a hidroterapia ou "cura pelas águas".

JOGO DE ADIVINHAÇÃO Do momento em que ele começou a exibir os sintomas até hoje, já foram propostos mais de 40 diagnósticos de seu mal. Muitos podem ser descartados, pois descrevem estados que não têm mais reconhecimento pela ciência ("dispepsia agravada", "gota suprimida") ou existem apenas na medicina alternativa ("pirroluria", "sobrecarga de cândida").
Os diagnósticos associados à expedição no Beagle, como doença de Chagas, malária e brucelose, também não valem, pois já Darwin apresentava sintomas nítidos antes de zarpar. O mal que o acometeu em Valparaíso, no Chile, em 1834, foi isolado; provavelmente era tifo. As diversas condições gastrointestinais aventadas como causas de seu mal (doença biliar, doença de Crohn, ulceração péptica) podem explicar alguns dos sintomas, mas não todos.
Foram sugeridas raízes psicológicas ou psicogênicas para a doença. Sir George Pickering, professor de medicina em Oxford entre 1956 e 68, descreveu com eloquência a doença de Darwin como "sintomatologia polimorfa", para em seguida concluir erroneamente que ela seria de natureza psicogênica: "O argumento em favor de uma psiconeurose é primordial, uma vez que os sintomas a sugerem e que, avaliados no conjunto, não permitem outra explicação".
Darwin por certo apresentava algumas das condições apontadas como causa central de sua moléstia, como alergias múltiplas, ataques de ansiedade e de pânico, além de sintomas psiquiátricos como períodos de depressão. Mas tudo isso fazia parte da doença, não de suas causas.
Os dentes apodrecidos e os vômitos de sangue podem ser lidos como complicações de sua disfunção. O eczema já foi identificado por fonte confiável como uma dermatite atópica, mas esse diagnóstico não explica os sintomas gastrointestinais e nervosos. Pacientes com dermatite atópica abrigam estafilococos (bactérias infecciosas) na pele e estão sujeitos a furúnculos recorrentes. A alteração na pigmentação da pele foi uma resposta fisiológica ao aumento da secreção de ACTH (hormônio adrenocorticotrófico) e, concomitantemente, da secreção do hormônio melanotrófico (MSH), decorrente de perda de sal e de fluidos.
A mãe de Darwin morreu quando ele tinha oito anos; tudo indica que ela sofria de doença semelhante, tendo sido mergulhada no mar irlandês gelado, quando criança, "para curar seus vômitos e furúnculos". Adulta, não conseguia andar de carruagem sem adoecer; sofreu enjoos intensos durante a gravidez e morreu com dores abdominais na idade relativamente precoce de 52 anos.
Tom, irmão mais novo da mãe de Darwin, tinha fortes dores de cabeça e males abdominais; ficou encerrado em sua cabine, mareado, durante a única viagem que fez às Índias Ocidentais -expedição que foi uma tentativa de fortalecer sua saúde. Tom morreu de overdose de ópio aos 34 anos.

HERANÇA MATERNA Darwin sofria da síndrome dos vômitos cíclicos (SVC), condição pouco conhecida, mas amplamente descrita. Esse transtorno pode guardar relação com uma disfunção mitocondrial. Nos humanos, as mitocôndrias são herdadas da mãe -o óvulo contém centenas delas, e as poucas presentes no espermatozoide se perdem dentro do óvulo fecundado. Quando existe um histórico materno de disfunção, como na família de Darwin, é provável que se deva a uma anormalidade herdada do DNA mitocondrial.
Contudo, a maioria das enzimas mitocondriais é codificada pelo DNA do núcleo da célula; nos pacientes sem anomalias no DNA mitocondrial, a anomalia provavelmente tem origem nos cromossomos nucleares. Uma anomalia no DNA nuclear também poderia explicar a frequente associação da doença à herança paterna.
As mitocôndrias fornecem a maior parte da energia para a função celular, produzindo moléculas ATP (adenosina trifosfato) a partir das moléculas ADP (adenosina difosfato). Independentemente da natureza da anomalia enzimática, o resultado é muito semelhante: a redução na produção de ATP.
As mitocôndrias se dividem durante a divisão celular e passam aleatoriamente para as células-filhas, de modo que a proporção de mitocôndrias normais para anormais pode variar muito nas gerações celulares subsequentes. Por causa disso, pacientes que apresentam a mesma anomalia no DNA mitocondrial podem ter sintomas muito distintos ou até mesmo não exibir sintoma nenhum.
Os sintomas dos pacientes diagnosticados com SVC também oscilam. Alguns podem apresentar episódios ocasionais de náusea e vômito, ao passo que outros ficam gravemente incapacitados, com dores de cabeça e abdominais, além de letargia profunda. Outros ainda apresentam flatulência grave, sintomas de fibromialgia e eczema.
Crises de pânico podem ocorrer no início ou no decorrer de um acesso. Alguns sentem enjoo a ponto de não conseguirem assistir à televisão quando há cenas de movimento rápido; uma mãe relatou não poder observar os filhos brincando em um balanço no playground. Muitos apresentam intolerância ao calor ou ao frio.
Os acessos podem ser desencadeados por fatores estressantes, especialmente os positivos, como a expectativa em relação a um feriado. Essas crises são comuns no Natal, e, nos EUA, no Dia de Ação de Graças (a quarta quinta-feira de novembro). Assim como Darwin, muitos pacientes sentem alívio quando expostos à água e costumam passar horas no chuveiro durante os ataques.

CURA PELA ÁGUA A eficácia da "cura pela água" no caso de Darwin pode ser entendida por dois mecanismos diferentes, mas não incompatíveis.
Primeiro, a prática talvez tenha reduzido os sintomas abdominais. Segundo, é possível que houvesse fatores psicológicos. Sabemos que as crises da doença de Darwin eram desencadeadas por estresses leves, até mesmo os relacionados a sensações e ideias prazerosas.
A cura pela água, especialmente no início, era feita em estações termais onde, com a exceção dos tratamentos dolorosos, havia pouquíssimos estímulos.
Além da profusão de sintomas, todos eles observados hoje em pacientes com SVC, Darwin apresentava uma série de outros, não menos sinistros. Sofreu paralisia temporária e perda de memória, manifestações que não seria errado descrever como semelhantes a derrames cerebrais. Trata-se de características da síndrome de Melas (miopatia mitocondrial, encefalopatia, acidose lática e episódios similares ao AVC).
Já foi demonstrado que a síndrome de Melas é associada à mutação genética mitocondrial descrita como A3243G; também já se mostrou que tal mutação está presente em alguns casos de SVC. Como Darwin apresentava indícios de ambas as síndromes, CVS e Melas, é razoável supor que ele -assim como a mãe e o tio materno- tivesse a mutação A3243G.

A eficácia da "cura pela água" no caso de Darwin pode ser entendida por dois mecanismos diferentes, mas não incompatíveis 
Darwin volta e meia vomitava sangue, ficou com os dentes podres e desenvolveu cáries dentárias e manchas na pele 
Do momento em que o cientista começou a exibir os sintomas até hoje, já surgiram mais de 40 diagnósticos sobre seu mal.


Folha de SP-31 de Julho

A criançada sabe o que é?

Italiano racista no Rio


O ciclista italiano Marco Coledan, da equipe Trevidiani, foi excluído do Tour do Rio, por uma decisão unânime dos responsáveis pela competição, após fazer agressões racistas contra o brasileiro Renato Santos, conhecido como Centenário, do clube DataRo de Ciclismo. O desentendimento aconteceu no sábado, durante a etapa de Teresópolis a Três Rios. Os dois vinham no mesmo pelotão, quando começaram a discutir.

O italiano, então, xingou o brasileiro. O atleta Murilo Ferraz, que é da equipe de Centenário e já morou na Itália, entendeu a expressão e traduziu para o colega. Coledan teria chamado Centenário de algo como "negro sujo". O brasileiro imediatamente comunicou ao comissário Felipe Augusto Cunha Almeida.
O Globo

Palmeiras 3 x 2 Atlético-MG


O Palmeiras venceu o Atlético-MG por 3 a 2 neste sábado (30), no Canindé. Marcos Assunção e Luan, criticados por uma organizada do Verdão na semana passada, marcaram e Patrik completou o placar pelo Verdão. Magno Alves e Wesley fizeram os do Galo.
Felipão foi expulso, após reclamar insistentemente com a arbitragem, no fim da partida.O Verdão com a vitória se manteve na quarta colocação, com 25 pontos.
Na próxima rodada, o Palmeiras enfrenta o Coritiba, no Couto Pereira, quarta-feira, às 21h50. Já o Atlético-MG joga no mesmo dia, mas às 19h30, quando pegará o Grêmio, no Olímpico.


Não viu o jogo? Assista aqui os lances e os gols de Palmeiras 3 x 2 Atlético-MG:

Ateus dos EUA apresentam pedido para retirar a cruz do museu do 11/9


Uma associação de ateus americanos apresentou um pedido para impedir que uma cruz formada com os restos de aço das Torres Gêmeas seja exposta no museu do 11 de setembro, que abrirá as portas no próximo ano em Nova York. A Associação de Ateus dos Estados Unidos (The American Atheists) apresentou uma queixa contra o Museu Nacional do 11 de Setembro, o prefeito de Nova York, Michael Bloomberg, o governador de Nova Jersey, Chris Christie, e outras entidades vinculadas a esta instituição.

Os autores da ação questionam a cruz formada por duas vigas de aço convertidas em símbolo de fé para muitos envolvidos na limpeza e reconstrução depois dos ataques terroristas de 11 de setembro de 2011, que deixaram 3 mil mortos. A cruz foi levada na semana passada ainda incompleta para o museu no Marco Zero, às vésperas do décimo aniversário dos ataques.

Segundo a demanda apresentada ante o tribunal do Estado de Nova York, a presença de uma cruz num museu financiado pelo governo viola a Constituição dos Estados Unidos, já que promove um símbolo do cristianismo sem mencionar outras religiões. Em um comunicado, o presidente do memorial, Joe Daniels, disse que a cruz é importante porque ajuda a contar a história do 11/9.

"Estes restos de aço se converteu num símbolo de consolo espiritual para os milhares de socorristas que trabalharam no Marco Zero, como para pessoas de todo o mundo", explicou.

sábado, 30 de julho de 2011

Site ajuda a acessar Facebook no trabalho


Quer usar o Facebook de uma maneira secreta? O site "Hardly work" ("trabalho duro") te ajuda. O aplicativo para a rede social mostra suas atualizações em inocentes planilhas de Excel.
Veja aqui.

Botafogo 1 x 0 Cruzeiro

Com um golaço de Loco Abreu, o Botafogo derrotou o Cruzeiro neste sábado (30), pulando para a 5a colocação no Brasileiro e passando para a 5a colocação.

A equipe jogou bem , com excelentes atuações de Marcelo Mattos e Renato, mas demonstrando que Cortês fazia mesmo muita falta na esquerda, assim como Abreu no ataque. Se continuar jogando com esta regularidade, pode almejar as primeiras colocações.

Manifestantes protestam em frente ao evento da Copa no Rio

Enquanto o sorteio das chaves das eliminatórias da Copa do Mundo-2014 acontece na Marina da Glória, zona sul do Rio, manifestantes continuam o protesto contra o uso de verbas pública e a forma como o torneio está sendo organizado no Brasil, bloqueando parte da pista do Aterro do Flamengo, sentido Centro.


Cerca de 20 pessoas, entre militantes do Movimento dos Sem-Teto, do Sindicato dos Petroleiros e do Sepe (Sindicato Estadual dos Profissionais da Educação) estão sentadas em uma das pistas.

Neste momento um funcionário do Ministério da Justiça tenta negociar a liberação da pista.
Outros manifestantes se concentram no gramado. A ocupação da pista dividiu os participantes do protesto.

Dirigentes do Sepe e de outras entidades tentaram convencer o pequeno grupo a não interromper a via. Eles querem entregar uma pauta de reivindicações para as autoridades que organizam a Copa antes de liberar o trânsito.

"A gente quer ficar o máximo possível aqui", disse Alex Silva, 21, que com uma camiseta preta e um lenço tampando a boca ajudava a carregar uma bandeira anarquista. Ele se identificou como professor de história punk-anarquista.

Ainda há pouco, 20 militantes do movimento Diárias Nunca Mais, de taxistas do Rio, estenderam uma gigantesca bandeira do Brasil em outro trecho da pista fechada do Aterro. Eles pretendem se unir aos manifestantes.

"Estamos aqui porque o [Eduardo] Paes [prefeito do Rio] está aqui", disse Geralda Ferreira de Araújo, 58, taxista.

Cozinhando fácil no microondas

Astrônomos sugerem nova radioterapia contra o câncer



Astrônomos também são capazes de colaborar com o desenvolvimento de novos tratamentos contra o câncer.

Ao tentar desvendar a composição de estrelas e buracos negros, um grupo fez uma descoberta que, afirma, poderia ser aplicada em um método mais seguro e mais efetivo de radioterapia com o uso de elétrons de baixa energia.

"Como astrônomos, aplicamos física e química básicas para entender o que estava ocorrendo com as estrelas", comentou Sultana Nahar, da Universidade do Estado de Ohio (EUA), que participou do estudo. "Estamos muito animados em aplicar o mesmo conhecimento [em saúde]."

A ideia surgiu durante uma análise de substâncias que compõem as estrelas. Em simulação computadorizada, os astrônomos detectaram como metais pesados absorvem diferentes níveis de radiação.

Durante a pesquisa que até então tinha ainda como enfoque as galáxias, descobriu-se que metais como o ferro e o ouro emitem elétrons de baixa energia quando expostos a raios X em algumas situações específicas.

Esse conceito poderia ser usado na destruição de tumores, com a vantagem de a carga de radiação em células saudáveis ser menor do que a utilizada em aparelhos atuais.

A partir daí, os cientistas chegaram à possibilidade de se injetar nanopartículas de metais pesados dentro e ao redor dos tumores, que receberiam uma carga curta e concentrada de radiação para combater o câncer.

"Com a espetroscopia de raios X podemos dizer quais as energias necessárias e quais átomos ou moléculas são mais efetivas em cada tratamento", diz Nahar.

As conclusões do trabalho foram apresentadas no último dia 24 durante o Simpósio Internacional de Espectroscopia Molecular.


Folha

Estacionamento no Vale Sul será pago


Taxa para carros no shopping de São José será de R$ 3; clientes criticam medida

Bruno Castilho

O estacionamento de carros no Vale Sul Shopping, em São José dos Campos, passará a ser pago a partir do próximo dia 1º de setembro. A taxa será de R$ 3, independentemente do tempo de permanência.

Já os clientes que ficarem no local até no máximo 20 minutos não pagarão nada.
Atualmente, o Vale Sul é o único shopping da cidade que não cobra estacionamento para carros.

No local, desde dezembro os proprietários de motocicletas pagam R$ 1,50 por quatro horas, além de R$ 0,50 por hora adicional.

Já o estacionamento VIP, com direito a manobrista, custa R$ 5 também por período de quatro horas, com R$ 2 por hora adicional.

Tendência. A partir desta segunda-feira, será realizada a validação gratuita dos tíquetes com o objetivo de testar o sistema que será implantado em setembro.

Segundo o gerente de marketing do Vale Sul, Robson Mikio, a cobrança de estacionamento para carros segue uma tendência do setor de shopping centers.

“Desde 2004, nosso shopping deu início a um processo de revitalização e expansão. Mas a cobrança não tem nada a ver com isso. É mesmo para atender esta tendência dos shoppings”, disse o gerente do Vale Sul.

Segundo ele, ainda não há projeção de quanto será arrecadado com a cobrança no estacionamento.

Mikio destacou ainda que a cobrança será iniciada a partir das 10h20, quando o shopping inicia suas atividades.

“Das 7h às 10h20 é gratuito e as pessoas podem usar o estacionamento caso queiram ir nos supermercados ou no laboratório de diagnósticos que fica dentro do shopping”, afirmou o gerente.

Reação. Acostumados a frequentar o Vale Sul Shopping por não haver cobrança de estacionamento, clientes consultados por O VALE criticaram o novo sistema de cobrança.

“Acho ruim porque você já gasta lá dentro através das compras nas lojas. Agora, teremos que gastar no estacionamento também”, afirmou o taxista Ricardo Alexandre dos Santos, 35 anos.

A opinião foi compartilhada pelo engenheiro Mariano Arbelho, 29 anos.

“Vou no cinema do Vale Sul justamente porque não pago o estacionamento. Agora, passando a cobrar, acredito que eles vão perder clientes”, disse o engenheiro.

Legalidade. Para o diretor do Procon de São José dos Campos, Sérgio Werneck, a prática de cobrar pelo estacionamento é legal por se tratar de uma propriedade privada.

Werneck alertou, no entanto, que o shopping é responsável por eventuais danos e prejuízos que acontecerem nos veículo dos consumidores durante o tempo em que os mesmos permanecerem no local.

Saiba Mais

Center Vale Shopping
Carro: R$ 3 por quatro horas e R$ 2 pelo adicional de horas
Moto: R$ 1,50 por quatro horas e R$0,50 por hora
VIP: R$ 7 por duas horas e R$ 2 por hora adicional
A cobrança é feita desde novembro de 2002

Shopping Colinas
Carro: R$ 3 por duas horas e adicional de R$ 2 por hora
Moto: não paga taxa de estacionamento
A taxa é cobrada desde fevereiro de 2003

Vale Sul Shopping
Carro: R$3
Moto: R$ 1,50 mais adicional de R$ 0,50 por hora
VIP: R$ 5 por quatro horas mais adicional de R$ 2
A cobrança das motos e VIP é feita desde dezembro



Comentário do Aurelio:

O shopping, até pouco tempo, se vangloriava com sua direção de ser um local onde não se pagava estacionamento. O Vale Sul anda piorando bastante. Ontem, o Cinesystem, que já foi um bom cinema, estava uma confusão. Só era possível comprar ingresso na bomboniere (ou naqueles computadores para a compra com cartão de crédito, que vivem travando e com filas) e os funcionários não sabiam orientar as filas. Depois disto, fui para o Shopping Colinas, para o Cinemark, onde pude assistir "Capitão América" sem filas e sem a gritaria dos "manos" que frequentam o Vale Sul, que jamais são incomodados pelos seguranças do local.
Também é extremamente desagradável ter que pagar para frequentar um shopping onde os atendentes da Atento ficam emporcalhando o estacionamento com suas bitucas de cigarro, atrapalhando a passagem de transeuntes ou de quem deixa o carro no estacionamento com suas baforadas nojentas de cigarro.


Comentário do Celso:
Maior shopping e futuro pior shopping de São José dos Campos, com essa cobrança pelo estacionamento perderá em muito para o Center Vale pois este tem melhor "mix" de lojas e estacionamento coberto.
A partir de 1º de setembro o Vale Sul deixa de existir para mim.

"Capitão América-O Primeiro Vingador" é a vitória sobre o bullying


Em uma época onde tema “bullying” está tão na moda, “Capitão América-O Primeiro Vingador” parece ser a vingança definitiva de todos os magricelos que sofrem nas mãos de fortões.
Mesmo em um ano em que os filmes de super-heróis Marvel Comics foram bastante explorados , como em X-Men:Primeira Classe e Thor, a história do patriótico herói norte-americano consegue cativar os espectadores.
Steve Rogers (Chris Evans) é um jovem fracote, que tem como meta servir o exército de seu país, para lutar contra os nazistas. Tendo pouco sucesso em busca deste sonho, as coisas começam a mudar quando ele conhece um cientista, que leva-o até uma divisão de experimentos científicos do exército. Lá, ele conhece ninguém menos que o pai do Homem de Ferro, Howard Stark, grande inventor e que irá os fãs do moderno herói de Ferro criado por Tony Stark sentirem saudades dele. Steve não ganha necessariamente super-poderes, mas sim uma força fora do comum, que o levará a um patamar de super-soldado.
O arqui-inimigo de Steve é  Johan Schmidt, o Caveira Vermelha (Hugo Weaving), que no clima da obsessão nazista pelo nazismo quer destruir o mundo com sua organização secreta dentro do nazismo, a HIDRA. É o antagonista ideal: cínico, conspirador e que desafia até Hitler e seus soldados.
O flerte entre Steve e a agente britânica Peggy Carter (Hayley Atwell) é um pouco clichê, como sempre há neste tipo de história, mas as sacadas irônicas de humor inglês da personagem são bem engraçadas. Também não podemos deixar de citar o general Chester Phillips, um dos principais chefes da luta contra a HIDRA e vivido por ninguém menos que Tommy Lee Jones em uma versão bonachona, que solta boas tiradas cômicas.
A caracterização dos Estados Unidos durante a Segunda Guerra Mundial está bastante precisa, assim como algumas cenas de lutas em becos e tiroteiros no melhor estilo “cidade dos gângsters”. O filme, no final, deixa tudo pronto para a sequência “Os vingadores”, que trará o Capitão América juntamente com um super-time, unindo também o Homem de Ferro, Thor e outros super-heróis.
Quem for assistir ao primeiro filme da franquia “Capitão América” certamente sai satisfeito do cinema, aguardando a volta do herói. Aliás, uma dica: Não saia da sala nos créditos finais, pois há um trailer de "Os Vingadores" no final.
Trailers:


sexta-feira, 29 de julho de 2011

Grandes jogos entre Botafogo x Cruzeiro







Manual do ateu na missa católica

Sempre têm umas bonitinhas na banda da igreja, mas no geral o som é muito ruim e eles vão desafinar


Se você já me leu por aqui ou pelo twitter, deve ter notado que sou agnóstico. Ou ateu, na prática dá tudo na mesma. Ontem, tive de ir à uma celebração católica e até narrei alguns fatos no twitter, o que me leva a escrever este pequeno manual para ateus ou praticantes de outras religiões. Pode ser útil, pode ser divertido, ou nenhum, ou ambos.

Agora, porque você ateu poderia ir numa missa ou celebração de alguma religião? Bem, os motivos variam, que vão desde obter algum conhecimento de causa, até socializar com parentes e amigos, não fazer “desfeita” ou coisa que o valha. É claro, ninguém é obrigado a nada, mas não vim discutir isso.

Ontem, lá estava eu, mais de um ano depois da última passada em uma igreja, por razões similares. Todos foram, em casa estava um tédio, no máximo eu iria rir por lá.

Agora, preste atenção. O ateísmo é livre, o catolicismo, protestantismo, budismo e etc é livre. Alguma seita satânica provavelmente deve ser proibida, afinal, o Estado é laico, mas não é bobo e com o tinhoso não se mete. Então, a menos que você professe rituais dumau, você tem liberdade a quase tudo.
Mas você não pode ir na celebração de religião alguma e aloprar quando os caras estão lá na deles. Não é o momento, não é normal, não é digno e sim, é ilegal você perturbar o culto alheio. Então sim, dependendo do que você fizer e até da crença dos policiais que te abordarem, você pode realmente ir pro xilindró por conta de alguma brincadeira feita onde não deve.

Ou seja, quer ir a algum lugar tolerante, repleto de amor, paz, união, amizade, compreensão e que abraça a todos? Ok, não vá numa igreja. E se for, não reclame do que presenciar, foi lá porque quis. Sim, é nesse nível.

Segue o guia da missa para quem nunca foi ou não lembra como é uma.

O início

Uma celebração católica é basicamente a mesma em muitas etapas. Tem cerca de vinte atos diferentes, repetidos parcial ou inteiramente todas as semanas. E no começo da missa você deve encontrar aquele folheto – o missal – com o roteiro disso tudo, o que as pessoas falam e tudo mais. Alguns tem cola para orações e discursos. Em algumas paróquias você deve encontrar estes papéis na entrada, em outras já sobre os bancos e, em algumas, em lugar algum. Acontece nos locais mais isolados.

Sente na frente se quiser ver melhor e ficar rodeado de velhinhas conservadoras e xaropes que não deixam você olhar pro lado sem te olhar com reprovação, à despeito de que elas vão lá muito mais pra ver o pessoal do que para ver Jesus.
Sente no fim da igreja se você… bem, depende, para algumas igrejas isso garante que você não veja nada do que se passa no palco, digo, altar. E se você chegar uns 15 minutos atrasado, pode ter de ficar em pé o tempo todo e ainda fazer a aeróbica católica, que é comum a todos.

A aeróbica católica é um exercício muito peculiar e mentalmente cansativo. Consiste numa intensa troca de senta, levanta, ajoelha, abaixa a cabeça, levanta, ajoelha, senta, levanta, senta. Pode incluir alguns levantamentos de braço com ângulos variados. Você não sabe bem porque o fazem e nunca saberá quando fazem. Aqui, o comportamento de manada impera. Olhe para os lados e faça como todos fazem. Mas cuidado para onde olha, pois sempre há algumas pessoas que carregam muita, muita, muita culpa e passam o tempo todo de joelhos. Outras têm reumatismo e ficam só sentadas. Se você ficar o tempo todo sentado, ninguém vai te matar. Na prática, parece que isso é algo muito pessoal.

Celebração até o evangelho

O padre (ou diácono, ou cardeal, ou Papa Bento XVI, dependendo de onde você estiver) vai seguir o roteirinho, ás vezes falar algo fora daquele script, mas segue muito próximo. Lá pelo ato 8 da missa ele deve fazer a primeira leitura, que é algum texto bíblico, geralmente discutível. Os próximos, até o 11º, incluem algo como a segunda leitura e o evangelho. O evangelho é, em tese, a única coisa espontânea da celebração toda, o que pode fazer o padre patinar tristemente no discurso, ou falar bonito. São os 5 a 10 minutinhos em que o culto católico fica muito parecido com o evangélico, com a diferença de que ele não pede dinheiro. Primeiro ele vai ler algo da folhinha, depois começa a explicar o texto.


Reforçando, sim, ele provavelmente vai falar algumas coisas esquisitas, mas não, você não vai sair de onde está pra encher o saco do coitado que reza a missa. É ilegal e você vai passar por cuzão à toa. E se disser que é ateu, vai me fazer ter vergonha. Se você não é crente, ou seja, não ganha um percentual por cada alma “salva”, você não ganha nada ou quase nada se matando pra fazer seu discurso valer, já que vai passar direto pelas cabeças cristãs.

Oferendas

Há, claro, a parte das oferendas, onde o pessoal deixa seus troquinhos e alguns aproveitam para acertar o dízimo. Isso também varia de acordo com o local, em alguns, o povo vai a determinado local entregar sua contribuição, em outro, uma caixinha ou cesta passa coletando o dinheiro, com ou sem ajuda de staff members da igreja. De novo, não mate os brothers ateus de vergonha. Apenas passe o negócio adiante e não dê bola.

Ah, todo o momento antes e depois disso é repleto de músicas e textos específicos mostrando sobre como quem contribui é maneiro.

Eucaristia

Aqui entra a hóstia sagrada. A comunhão do pão. Outro momento repleto de músicas e reflexão, provavelmente o mais forte para quem de fato envolve-se com aquilo tudo. Dizem que aquilo é o “corpo de Cristo”, o que me faz crer que ele não era o moço mais gostoso de sua terra, já que a hóstia, materialmente falando é alguma bolacha de água e trigo, parece um Sonrisal, só que não ferve na boca (embora digam que pecadores que comem do pão experimentam coisas esquisitas. Não sei) e não tem gosto de nada. Depois de alguns minutos, você começa a sentir a boca seca e que não escova os dentes há quatro meses. É o trigo acumulado na sua língua. É ótimo. NÃO

Não se preocupe, ateus, pessoas não batizadas em geral, gente que não fez a catequese – e por consequência, a primeira comunhão – e para alguns, gente que não se confessou recentemente, não só não precisa como não deveria comer do pão. Mas eles são padres, não agentes do serviço secreto (isso é o que querem que eu pense, eu sei), ou seja, se quiser ir lá ver qual é, pode comer. A hóstia geralmente é entregue em pontos espalhados da igreja, nas mãos ou diretamente na boca. Sim, das mãos do padre, coroinhas ou ministros. Pouco higiênico né? E eles querendo que a gente use luvas e álcool gel nos restaurantes, tsc.. mal sabem.

Depois que comem o pão (sem vinho, diga-se de passagem, vinho é só para o padre), os fiéis voltam aos bancos com cara de paisagem e ajoelham-se para conversar com Deus e redimir-se de seus pecados, numa espécie de confissão mental em papo direto com O Criador. Se funciona eu não sei, mas seria bem dufuturu né?

O fim da celebração

Depois da comunhão, todos ajoelham (ou levantam, eu nunca sei) e o padre termina com alguns comentários finais. É neste fim de missa que também rolam os famosos “avisos paroquiais”, onde o padre fala sobre a rifa da escola do bairro, o dia que vai faltar água para manutenção e os próximos eventos da própria paróquia. Diria que este foi um dos principais meios de comunicação de massa (se ainda não é) para muitas localidades, sobretudo as mais isoladas ou menores. Autoridades políticas e serviços públicos dos mais diversos publicam seus anúncios por ali, até os dias de hoje. Anúncios paroquiais: serious business!

Bonus features

Algumas coisas “extras” podem ou não acontecer na igreja, tudo vai depender muito da época do ano e o que se celebra e claro, o local em que você se encontra. As missas se repetem sempre entre os anos, mas geralmente não entre as semanas do mesmo ano. Ou seja, a missa de Páscoa de 2006 e a de 2011, provavelmente foram as mesmas. Mas a da semana passada e a da semana que vem, não.

Ás vezes, o celebrante pode começar um momento climão maneiro na comunidade, pedindo para que todos se abracem ou cumprimentem-se. Você vai precisar: virar para o lado; cumprimentar. É simples. Cumprimente as pessoas, fale algum small talk comum e siga sua vida.

Em outros casos, pode aparecer o incenso da igreja. É geralmente um pote, ou recipiente vazado com algo queimando. Algo que fede pra cacete. Aquilo certamente leva os maus espíritos ou algo assim, porque cheira pior que o próprio porão do inferno.

Vários (muitos!) momentos da missa incluem responder ou repetir algo em coro com o pessoal todo. Você pode ficar com cara de tacho, mudo, checando o smartphone ou simplesmente seguir o que tem no folheto e repetir. Lembre-se, você não é o próprio diabo, pelo contrário, nem nele você acredita. Ou seja, você não vai pegar fogo se repetir umas palavrinhas do ritual católico sem a tal fé. É só, falar. Ou não. Mas perigoso, não é.

Aliás, falando em celular, sim, você pode usá-lo por lá. Se o sinal estiver bom, é claro. O tamanho da igreja ou formato das cúpulas pode interferir no sinal. De todo modo, restrinja-se à internet ou SMS. Não fale na porcaria do celular, finja que é um cinema com filme ruim e tenha a mesma conduta (fique enquanto suportar, mas não fique resmungando pelas paredes).

E sim, você pode conversar com outras pessoas no recinto, mas na mesma regra cinemística, faça com cautela. Se você estiver acompanhando uma namorada fiel por exemplo, isso pode incomodá-la, e você não foi lá para isso.

Dependendo do dia e do padre (ás vezes enfiam uns velhinhos quase mudos que falam quatro palavras por minuto), a missa dura de 60 a 90 minutos, embora eu já tenha visto mais e menos que isso. Em quantas missas eu fui para saber? A umas 20 a 30 quando menor, e uma meia dúzia depois de adulto, já é algum conhecimento em se tratando de ritual tão repetitivo.

Ah, missas especiais como páscoa e natal são sempre maiores, podem levar até duas horas. E a missa do galo, se não me engano, tem umas três horas. Corra!

Fonte

Flamengo deve R$ 305 milhões. Não consegue patrocinador. Ronaldinho Gaúcho e Cesar Cielo espantam interessados.


O time é campeão carioca.
Foi eliminado da Copa do Brasil pelo Ceará, é verdade...
Mas a campanha no Brasileiro é ótima...
Todas as pesquisas ainda apontam o clube como o mais popular do País...
De maior torcida...
Então, por que está sem patrocínio master na sua camisa?
Não ganha um tostão...
Tinha R$ 22 milhões da Batavo...
A empresa anunciou que iria embora em outubro de 2010...
Mas quando o Flamengo contratou Ronaldinho Gaúcho esboçou a chance de continuar...
Só que aí foi o clube que não diz...
Os valores seriam outros...
O sonho de Patricia Amorim era R$ 40 milhões...
A Batavo foi embora...
Ronaldinho foi contratado em janeiro...
Jogou em fevereiro, março, abril, maio, junho, julho...
E até agora nada...
O Flamengo já baixou seu patamar para R$ 30 milhões...
Busca até R$ 25 milhões...
Só que não surgem interessados...
O clube se vira com os R$ 8,5 milhões que o BMG paga pelas mangas...

E mais os R$ 2 milhões da Tim para estar dentro dos números...
Patricia Amorim tinha certeza que o clube desbancaria o Corinthians...
Passaria a ser o que mais arrecadaria com patrocinadores...
O clube paulista ganha R$ 47,5 milhões...
O patrocinador master é a Hypermarcas com R$ 38 milhões...
Fisk paga R$ 7,5 milhões pela barra do uniforme...
E a Tim seus R$ 2 milhões pelos números...

O clube com maior torcida no Brasil, o Flamengo se contenta na 10ª posição...
Está atrás do Corinthians, São Paulo, Palmeiras, Santos, Vasco, Botafogo, Cruzeiro, Inter e Grêmio...
Há uma enorme insatisfação no clube com o departamento de marketing...
O presidente do Conselho Fiscal, Capitão Léo, que era chefe de torcida, é o que mais reclama...
Ele critica a situação abertamente...
O departamento de marketing do clube está sob muita pressão...

Henrique Brandão deverá assumir o cargo de vice, mas avisou que não quer ser ficar na função...
A Traffic se comprometeu a ajudar a encontrar um patrocinador também não encontra...
O Flamengo já baixou sua pretensão de R$ 40 milhões para R$ 25 milhões...
Aceita até que o patrocinador não seja único...
O departamento de natação já consumiu R$ 1,6 milhão do patrocínio do futebol...
O clube contratou Cesar Cielo acreditando que atrairia empresas...
E era o que deveria acontecer...
Patricia Amorim até chorou quando soube do doping do nadador...
Percebeu que os prováveis investidores na natação bateriam em retirada...
E foi o que aconteceu...
Há um ano e três meses, o Flamengo não tem patrocínio para a natação...

As baladas de Ronaldinho Gaúcho e sua falta de carisma espantam os patrocinadores para o futebol...
O clube deve R$ 305 milhões...
R$ 305 milhões...
De acordo com o último balanço oficial...
As dívidas com Patricia Amorim na presidência cresceram 9,7% em relação a 2010...
E mesmo assim, o clube não para de buscar contratações...
Quer André, Kléber...
E ainda seu vice Michel Levy fala em brigar para contratar Tevez, que custa mais de R$ 100 milhões...
Detalhe: Levy é vice-presidente de finanças do clube...
A situação financeira do Flamengo é complicadíssima...
Se o clube vendesse todas as suas propriedades ainda deveria cerca de R$ 100 milhões...
É uma situação surreal...
Que só acontece no futebol brasileiro...
Porque se o Flamengo fosse uma empresa comum teria falido há décadas...


R7