Pesquisar este blog

quinta-feira, 11 de agosto de 2011

Entrevista com o vereador Dario Burro, de Jacareí

Entrevista que o polêmico vereador Dario Burro (DEM), de Jacareí (SP) concedeu a mim, no meu portal de notícias, o Nossa Jacareí:



Por que você resolveu criticar os professores nas redes sociais?

Vereador Dario Burro: Porque não vejo resultado no trabalho deles. Os jovens estão passando de ano sem saber ler e escrever. O professor sempre coloca culpa no governo e nas famílias, mas entendo que o fracasso na educação está na má-vontade do mesmo.



Suas declarações geraram uma repercussão bastante negativa e cogita-se até um processo por causa delas. Como você vê isso?

Resposta: Todos tem direito de se expressar. Quem fala em processo é autoritário, pois não quer que os professores sejam responsabilizados pelo fracasso na educação.



Você será candidato em 2012? Tem medo de não conseguir se reeleger por causa desta polêmica? Caso não seja, o que fará a partir de 2013?

Resposta: Não estou aqui para ser reeleito. O eleitor escolhe quem quiser, espero que elejam alguém melhor do que eu.Caso eu não esteja na Câmara em 2013, não sei o que farei. O amanhã pertence a Deus.



Você acredita que seria bem-recebido em uma sala de aula, caso resolvesse retomar seu curso de letras?

Resposta: Sou indiferente à questão. Se eu estiver matriculado, tenho o direito de assistir às aulas.



Em suas declarações no Facebook, você afirmou que "os professores são inúteis” e que eles dão aulas de má-vontade. A seu ver suas afirmações foram interpretadas de maneira equivocada?

Resposta: Mantenho o que digo, são inúteis enquanto “classe”. Avalio os profissionais pelos resultados, não pelo esforço. O jovem conclui o ensino fundamental sem saber ler e escrever e no ensino superior há uma indústria do diploma. Falta cidadania e comprometimento ao professor.



Você já deu aulas de literatura, língua portuguesa e redação, no ensino fundamental e médio. Se sente um professor frustrado?

Resposta: Não me sinto frustrado, mas não sou contra as frustrações. Só não aceito que os professores descarreguem as mesmas nos alunos.



Todos os professores se encaixam em suas definições ou há exceções?

Resposta: As excelências são as exceções, mas deveriam ser o padrão. Os bons professores são minoria, e são sufocados pelos maus.



Pergunta: Você têm projetos para a área da educação?

Resposta: Não tenho projetos, isto é competência do executivo.


O diretor do sindicato dos professores, Paulo Mendes, pediu uma retratação sua. Você pretende voltar atrás?

Resposta: Não cometi nenhum erro e nenhum crime, não pretendo me retratar.



Suas opiniões estão em acordo com o pensamento dos seus eleitores ou vê um distanciamento deles?

Resposta: Acredito que todos que têm filhos nas escolas, tanto públicas quanto particulares, se sentem lesados. O sistema não é ruim, mas o professor sim. Ele tem que ter a habilidade para superar as adversidades. Porém, o professor usa os problemas como pretexto para justificar seu mau desempenho. Isto é inaceitável. Na rede pública de Jacareí, são destinados 75 milhões de reais só para o ensino, fora os repasses estaduais e federais.O problema é o material humano.



Muitos jacareienses afirmam que não é papel de um vereador ficar debatendo na internet. O que você responde a estes munícipes?

Resposta: A função do vereador é estar próximo do povo e a internet é uma ferramenta para esta aproximação.

`

Um comentário:

Nitoso disse...

Afinal, qual é a desse cara?