Pesquisar este blog

Carregando...

sexta-feira, 19 de novembro de 2010

Vamos comer mais fígado de boi



O fígado de boi é um produto alimentício nutritivo e rico em vitaminas, e recentemente foi classificado como um dos “super-alimentos”, recomendados para serem incluídos em nossa alimentação. O fígado de um animal novo é teoricamente mais saudável por ter acumulado menos toxinas como pesticidas, hormônios e antibióticos que podem estar presentes em maior quantidade no fígado de um animal mais velho; portanto é importante que se obtenha o fígado de um animal criado organicamente, reduzindo assim o risco da presença destes químicos indesejáveis. Na Europa, o fígado de boi é considerado uma iguaria, e o Fígado à Veneziana é um dos pratos mais famosos da culinária de Veneza.

Entre as vitaminas e compostos benéficos presentes no fígado de boi constam as vitaminas A, B12, B5, B6 e C, folato (ácido fólico), riboflavina, selênio, cobre e zinco, e apesar do fígado de boi apresentar um alto grau de colesterol e gorduras saturadas, ele é tão rico em outros nutrientes benéficos que continua sendo considerado um alimento saudável. Em apenas 100g de fígado conseguimos obter 50% da nossa necessidade diária de proteínas.

As vitaminas B e seus compostos – incluindo folato, riboflavina e niacina- são todas vitais para a produção de energia; processam os carboidratos e quebram o glicogênio. O ácido pantotênico da apoio às funções das glândulas adrenalínicas que ajudam no controle dos níveis de estresse. As vitaminas B12, B6 e o folato transformam a homocisteína, que está associada com riscos de ataque cardíaco e derrames, em um composto não-prejudicial à saúde. A riboflavina ajuda a gerar glutationa, um importante anti-oxidante, e a niacina contribui para reduzir os níveis de colesterol.

Os compostos vitaminicos contidos no fígado de boi são particularmente efetivos na redução do risco de câncer. A fumaça carcinogênica do cigarro induz à deficiência de vitamina A, que pode levar ao enfisema. No entanto, estudos recentes mostraram que se a dieta for rica em vitamina A, isto pode contra-atacar os efeitos da fumaça do cigarro, reduzindo assim o risco de enfisema; nem todos os fumantes são afetados por essa doença, mas pode ser que aqueles que consomem uma maior quantidade desta vitamina específica estejam mais protegidos contra ela.

A vitamina A também ajuda no nosso sistema imunológico, juntamente com o zinco e a vitamina C, encontradas em alto grau no fígado de boi. Como anti-oxidantes e nutrientes de suporte à imunidade, eles destroem os radicais livres, que potencialmente podem causar câncer às células, principalmente nas partes do corpo onde existe uma alta rotatividade de células, como no cólon; alta concentração destas vitaminas diminui consideravelmente o risco de câncer de cólon.

O fígado de boi também é rico em selênio, composto B12, e pode reduzir certas condições inflamatórias como a asma e a artrite, além de ajudar o DNA a restaurar as células. O cobre, presente no fígado, contribui na recuperação dos tecidos e, como um anti-oxidante, também beneficia a condição das pessoas que sofrem de artrite.

Fonte.

Um comentário:

Urbano disse...

Oi, tudo bom? eu não consegui localizar seu e-mail, nem te enviar um scrap. É que estou divulgando uma webcomic com pegada ateísta na sua comunidade Ateus (óbviamente sou ateu). Fiz um tópico lá. Penso não estar em desacordo com as regras da comunidade e pretendo, se não for problema, divulgar as atualizações lá, td bem? deixo minha página e meu e-mail: urbanotrabalhos@gmail.com

http://atmosphera2hq.blogspot.com/

Abs!