Pesquisar este blog

domingo, 6 de outubro de 2013

Serra comemora aliança Campos-Marina. Choveu hamburguer para ele



Do Facebook de José Serra, com indisfarçável alegria:

“Após ver pela TV a filiação da Marina ao PSB, levei meus três netos mais dois amiguinhos ao cinema, ver “Tá chovendo hambúrguer 2″. Todos pequenos. Como fiz para cuidar dos cinco na saída, andando pelo Shopping, só Deus sabe…
Depois, botei minha neta para dormir.”


Ele sabe que a insólita aliança Campos-Marina o reposiciona no jogo, por enfraquecer ainda mais Aécio Neves, que faz força para se mostrar “feliz” com o arranjo, mas está apreensivo.

É o que registra a Folha, noticiando, ao mesmo tempo, a euforia serrista.

São Paulo, é bom lembrar, não tem candidatos próprios a Presidente e um Aécio fraco não parece ser capaz de inverter a rota de Borba Gato.

E São Paulo é um quarto do eleitorado brasileiro.

A sucessão presidencial parece ainda estar na fase das alegorias.

A soma Campos-Marina se faz pela aritmética da política, onde a soma, quase sempre, é menor que a união das parcelas.

Mas esta soma subtrai protagonismo de Aécio e do PSDB, com ele.

Eu disse antes, aqui, e a postagem de Serra ilustra bem o que digo.

A disputa dos netinhos faz chover hambúrguer para o vovô.

Por: Fernando Brito

Nenhum comentário: