Pesquisar este blog

segunda-feira, 22 de julho de 2013

A humildade e o Papa Francisco






Existem, obviamente, muitos católicos humildes e que fazem caridade. Prova disto é a própria Pastoral da Saúde e a da Família, na Igreja Católica. Porém, existem muitos que são "caridosos" apenas em poucas ocasiões. Por que não mudar a atitude?
Acredito, também, que qualquer pessoa tem dever moral de ajudar o próximo, sempre que puder.


Muitos cardeais, arcebispos e padres gostam de ostentar, morando em grandes mansões, andando em carros luxosos etc. Do que adianta então o Papa dar o exemplo, renunciando ao luxo, se seus "subalternos" não fazem o mesmo?

A bíblia também diz que "uma fé sem obras é morta". Que tal então não só os católicos, mas como todos os que tem fé em algo, ajudar mais os outros e abrir mão de luxos desnecessários?


Que tal em vez de gastar dinheiro com estátuas, camisetas e outros objetos inúteis com temática religiosa, dar o dinheiro para obras sociais?
Será que as pessoas que estão hospedando os peregrinos também chamam os pobres que moram em suas ruas para almoçar e jantar com elas?

Apesar de eu não ser particularmente religioso, usemos este momento para fazermos algumas reflexões pertinentes.

Nenhum comentário: