Pesquisar este blog

sábado, 23 de julho de 2011

Se deus não existe.. respondam: Quem escreveu a bíblia???

Antes de mais nada, vamos entender um pouquinho desse processo.

Um livro sagrado deve conter alguns ingredientes:
- deve ser inspirado pelo deus da religião: assim como Maomé recebeu o Corão e outros profetas de outras religiões, todo livro sagrado que se preze tem que ser validado e ser “comprovadamente inspirado”;
- deve conter regras: um livro sagrado não funciona se não dizer aos seguidores da religião como eles devem se comportar. Por isso a palavra escrita é tão importante para as pessoas; ela tem uma chancela;
- deve conter histórias: nem todo mundo entende o que os profetas ou outros escritores querem dizer, por isso os ensinamentos mais complicados devem ser feitos por parábolas, fica mais digerível;
- deve conter previsões: não basta só acorrentar, tem que botar medo também. As previsões dos livros religiosos devem assustar os seguidores para que eles não percam o senso de punição.

Certo! Agora, vamos à sua pergunta: Quem escreveu a bíblia?

A bíblia foi escrita por muitas pessoas. O Velho Testamento, que é o livro oficial do judeus, foi escrito por aqueles que queriam definir um grupo de pessoas centralizadas em uma única forma de pensar – o monoteísmo. Além disso, há o contexto político sobre Israel que é sempre comentado lá. O Velho Testamento, assim como todos os outros livros, é um relato de uma cultura com seus anseios e suas vontades.

Já o Novo Testamento foi escrito por MUITOS cristãos, mas nem todos os textos eram validados. Por que? Por causa, novamente, da política. Quando o cristianismo era uma religião marginal em Roma, não havia muito problema, mas, quando ela começou a ganhar força, por volta do ano 320 da Era Comum, ela foi declarada como religião oficial. A partir daí, surgiram os chamados Concílios (nisso eu estou considerando pelo menos uns 12 séculos), que eram reuniões feitas entre o governo e a Igreja para estabelecer os parâmetros do cristianismo. Nos Concílios eram definidos todos os tipos de dogmas, como o céu e o inferno, a penitência, a trindade… Quando tudo isso era definido, escolhiam-se os livros bíblicos que estavam de acordo com o que eles pensavam — quando eu digo “eles”, refiro-me aos imperadores, reis e os papas.

Eles também reescreviam muitas passagens, adequavam com o que julgavam correto… Se você comparar a Vulgata com a bíblia mais atual, vai ver uma enorme discrepância. Os livros sagrados, salvo raras exceções, modificam-se com o passar das décadas porque as sociedades também mudam.

Então, para concluir: quem escreveu a díblia?

Resposta: um monte de gente, menos deus.

Nenhum comentário: